Sobre Nós

Um projeto nascido no coração de Deus, revelado por meio do Espírito Santo quando o desejo de realizar a vontade de Jesus tornou-se o assunto principal entre um grupo de irmãos.

Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século. (Mateus 28. 18-20 RA Ilumina Gold 2009)

“Sementes de fé”, é uma visão evangelística que tem por objetivo não apenas apresentar Jesus Cristo ao mundo, mas ensinar sua Palavra aos que, por meio da fé no seu nome, receberam o poder de se tornarem filhos de Deus. Fazer discípulos que caminhem na terra testificando ao mundo o que é ter “Uma Vida na Palavra”, é o objetivo central deste trabalho.

Disse-lhes, pois, Jesus outra vez: Paz seja convosco! Assim como o Pai me enviou, eu também vos envio. (João 20. 21 RA Ilumina Gold 2009)

Tendo como principal característica a evangelização, o fazer discípulos que guardem todas as coisas que Jesus Cristo nos ensinou, surge o projeto evangelístico Sementes de Fé: Uma vida na Palavra.

Este espaço se propõe a tal objetivo, uma vez que as ferramentas virtuais nos dão a condição de atravessarmos fronteiras e aproximarmos pessoas.

Este é o seu momento, está é a sua hora.

A Palavra de Deus chega a você com o intuito de aproximá-lo de Jesus,

o Cristo de Deus.

COLABORADORES:

Grégori Mengue – Cachoeirinha – RS

Maria de Fátima Teixeira Cardoso Pacheco – Novo Hamburgo – RS

Raimundo Fernandes – Recife – PE

Vando Itamar Rodrigues de Lima – São Leopoldo – RS

SITES – PARCEIROS

www.cristoeosenhor.com

 vando

EM QUE CREMOS:

1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).

2)Na inspiração verbal da Bíblia Sagrada, única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão (II Tm 3.14-17).

3)Na concepção virginal de Jesus, em sua morte vicária e expiatória, em sua ressurreição corporal dentre os mortos e sua ascensão vitoriosa aos céus (Is 7.14; Rm 8.34 e At 1.9).

4)Na pecaminosidade do homem que o destituiu da glória de Deus, e que somente o arrependimento e a fé na obra expiatória e redentora de Jesus Cristo é que pode restaurá-lo a Deus (Rm 3.23 e At 3.19).

5)Na necessidade absoluta do novo nascimento pela fé em Jesus Cristo, atravéz pelo poder atuante do Espírito Santo e da Palavra de Deus, para tornar o homem digno do Reino dos Céus (Jo 3.3-8).

6)No perdão dos pecados, na salvação presente e perfeita e na eterna justificação da alma recebidos gratuitamente de Deus pela fé no sacrifício efetuado por Jesus Cristo em nosso favor (At 10.43; Rm 10.13; 3.24-26 e Hb 7.25; 5.9).

7)No batismo bíblico efetuado por imersão do corpo inteiro uma só vez em águas, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, conforme determinou o Senhor Jesus Cristo (Mt 28.19; Rm 6.1-6 e Cl 2.12).

8)Na necessidade e na possibilidade que temos de viver vida santa mediante a obra expiatória e redentora de Jesus no Calvário, através do poder regenerador, inspirador e santificador do Espírito Santo, que nos capacita a viver como fiéis testemunhas do poder de Cristo (Hb 9.14 e I Pd 1.15).

9)No batismo bíblico no Espírito Santo que nos é dado por Deus mediante a intercessão de Jesus Cristo, com a evidência inicial de falar em outras línguas, conforme a sua vontade (At 1.5; 2.4; 10.44-46; 19.1-7).

10)Na atualidade dos dons espirituais distribuídos pelo Espírito Santo à Igreja para sua edificação, conforme a sua soberana vontade (I Co 12.1-12).

11)Na Segunda Vinda de Cristo, para arrebatar a sua Igreja fiel da terra.(I Ts 4.16. 17).

12Que todos os cristãos comparecerão ante o Tribunal de Cristo, para receber recompensa dos seus feitos em favor da causa de Cristo na terra (II Co 5.10).

13)No juízo vindouro que condenará os infiéis (Ap 20.11-15).

14)Na vida eterna de gozo e felicidade para os fiéis e de tristeza e tormento para os infiéis (Mt 25.46).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *