FILHOS DE DEUS

This entry is part 14 of 24 in the series Reflexões I

REFLEXÕES

images (12)

Mas a todos quantos o receberam deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus: aos que crêem no seu nome, os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus. (Ev. João 1. 12-13 RC Ilumina Gold 2009)

O motivo que levou os judeus a perseguirem Jesus levando-o a morte, não foi apenas o que Ele fazia, tão pouco o que Ele ensinava, mas foi o que se tornava evidente por meio de suas ações: Jesus é o filho de Deus, o Cristo, o Messias.

Mais do que nós hoje, os Judeus sabiam quais as implicações e o que significava ser Filho de Deus; a mesma natureza, as mesmas características, por isto tal afirmação era por eles considerada blasfêmia.   A Igreja precisa ter consciência desta verdade, não somos servos como os da antiga aliança, mas filhos de Deus, gerados por meio de uma aliança baseada no sangue do seu Cristo: Jesus.

Filhos! Por meio da fé, porque nós o recebemos como senhor e salvador, nEle somos transformados, adquirindo a condição de filhos, temos portanto no mundo presente a natureza divina em nós (isto é, nascemos de novo).

Deus habita em seus filhos por meio do Espírito Santo, isto no dá a condição de fazermos o que Jesus fez, porque Ele habita em nós.   Se crermos no seu nome, faremos obras maiores ainda disse Ele, não apenas milagres, mas pela sua Palavra transformaremos vidas, dando a estas a condição de um proceder idôneo segundo sua filiação.

Será que estamos conscientes desta verdade…

Será que nossa vida corresponde às expectativas de nosso Pai (Deus).

Observando uma criança notamos em seu aspecto físico e moral algo que corresponde a sua mãe e pai, algo que nos faz lembrar seus genitores, olhos, formato do rosto, jeito de falar, de se expressar, manias etc.

Replicou-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai, e isso nos basta. Disse-lhe Jesus: Filipe, há tanto tempo estou convosco, e não me tens conhecido? Quem me vê a mim vê o Pai; como dizes tu: Mostra-nos o Pai? (Ev. João 14. 8-9 Ilumina Gold 2009 )

A humanidade pode olhar para a Igreja e encontrar algo de nosso Pai?

Como embaixadores de Cristo representamos mais do que sua pessoa, representamos um reino, o reino de nosso Pai.   Como Igreja eu e você podemos dizer ao mundo:

Quem me vê a mim vê a Cristo Jesus.

O mundo só poderá conhecer Deus através daqueles que o representam; seus filhos.

“Tornai-vos, pois, praticantes da palavra e não somente ouvintes”.

ΑΩ