Que Amor é Este!?

This entry is part 5 of 24 in the series Reflexões I

REFLEXÕES

images (14)

Andarão dois juntos, se não estiverem de acordo?

(Amós 3. 3 RC-Ilumina Gold 2009)

Inicia o dia e lá estamos nós correndo para cumprir nossos compromissos, pensamos “ao longo do dia eu falo com Deus”.   Envolvidos com as tarefas do dia nos comprometemos, “à noite quando eu chegar à minha casa irei orar a Deus”.  O dia vai, a noite vem; em nossos lares nos envolvemos na comunhão familiar onde falamos do nosso dia e de muitas outras situações que nos rodeiam.  Cansados, entramos em nosso quarto ligamos a TV e não encontramos um programa que preste, mesmo assim permanecemos em frente a ela gastando o restante de nosso tempo até lembrarmos; preciso orar!   Já é tarde, os olhos estão pesados então:

-Bem, Deus me ama.   Ele está comigo, amanhã eu oro!

 Que amor é este?

“Infelizmente não pude ir ao culto esta semana.   Acho que errei com um irmão, mas este é o meu jeito ele tem que me respeitar”.  Olhamos as pessoas a nossa volta e falamos a nós mesmos, “ninguém é santo de mais que nunca fale uma mentirinha, não vai ser eu que vou para o inferno por causa disso”.

Que amor é este!

Assim levamos nossa vida, passam-se os dias, as semanas, os meses…

Temos em nossa mente a ideia de que está tudo bem entre nós e Deus, pois estamos em comunhão com Jesus.   Não aceitamos as instruções de Deus, pois não temos tempo de andar com Ele, como viveremos de acordo com Deus se não andamos com Ele!?

 Não falamos com Ele.

Não deixamos Ele falar conosco.

Não andamos com Jesus.

Por acaso, uma jovem esquece as suas jóias? Ou uma noiva esquece o seu véu? Mas o meu povo esqueceu de mim por tantos dias, que nem dá para contar. (Jeremias 2.32 NTLH-Ilumina Gold 2009)

O pior em tudo isto é que criamos em nossa mente uma falsa convicção de amor, a ponto de dizermos as outras pessoas: Eu amo a Deus.   Entretanto tomamos decisões em nossa vida, em nosso dia a dia sem se quer pensar em Deus.

Com quanta habilidade você busca o amor!   Mesmo as mulheres da pior espécie aprenderam com seu procedimento. (Jeremias 2.33 NVI-Ilumina Gold 2009)

Temos tempo para admirar tudo que Jesus nos dá, aquilo que Ele nos confiou, no entanto Ele espera de braços abertos uma demonstração real e verdadeira de nosso sentimento, a final:

 Que amor é este!?

CONSTRUA SOBRE A ROCHA

This entry is part 1 of 24 in the series Reflexões I

REFLEXÕES

 download

Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha. E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.

(Ev. Mateus 7. 24-25 RC-Ilumina Gold 2009)

Jesus ensinou que devemos construir nossa casa sobre a rocha e não sobre a areia, por isto temos muitas dicas de Deus sobre como edificar nossa casa em sua Palavra, a fim de que possamos viver tranquilos e em paz.   O problema é que nem sempre nós seguimos as instruções do maior construtor que já existiu em toda a história.   Acabamos por construir na areia onde é mais fácil colocar sapatas e colunas em vez de cavar até encontrar o platô da rocha, pois certamente é bem mais trabalhoso.

É mais fácil pedir oração para o pastor do entrar em seu quarto e com a porta fechada orar por uma hora.  Não nos preocupamos com o que Deus vai pensar, e sim com o que as pessoas vão pensar, então:

Vamos começar a construção!

É mais plausível, pois nos achamos auto-suficientes e acabamos não parando parar calcular, assumindo com isto o risco de uma exposição mostrando que, na verdade não temos condições de construir uma linda mansão. Procuramos materiais de segunda mão, é como ouvir o sermão do pastor e sem pesquisar na Palavra sairmos por ai a repetir o seu discurso como se as palavras fossem nossas.   Compramos materiais baratos, o resto, que está danificado, a final pra que pagar o preço com jejum e oração.

Não entendemos como é importante a consagração, ignoramos o fato de que ela nos trará estrutura, achamos que é um preço muito alto e desnecessário.  Certamente uma casa construída desta forma não permanecerá firme diante da tempestade, dos ventos contrários, não suportará o dia mal.

Pois qual de vós, querendo edificar uma torre, não se assenta primeiro a fazer as contas dos gastos, para ver se tem com que a acabar? ( Ev. Lucas 14. 28 RC – Ilumina Gold 2009)

Jesus ensinou que antes de edificarmos é necessário calcular os gastos, caso contrário podemos ficar sem ter com que acabar a construção parando no caminho, no alicerce.

Como está sua casa espiritual?

Onde você a tem edificado?

Que tipo de material você está utilizando?

Convide Jesus para calcular com você, descubra qual sua real condição de construir.

Edifique sobre a rocha e use os materiais corretos.

“melhor é o fim das coisas do que o princípio delas…”

(Eclesiastes 7, 8a RC-Ilumina Gold 2009)

DUAS CONDIÇÕES

This entry is part 20 of 24 in the series Reflexões I

REFLEXÕES

images (12)

Em todo tempo sejam alvas as tuas vestes,

e nunca falte o óleo sobre a tua cabeça.

(Eclesiaste 9.8 RA Ilumina Gold 2009)

Como estão as tuas vestes?   Tens recebido óleo sobre a cabeça!

Encontramos neste versículo duas condições fundamentais para aqueles que desejam ter uma vida espiritual em nossos dias, vestes alvas e óleo sobre a cabeça.   Mas como fazer isto uma vez que vida está cada vez mais corrida.

O termo veste nos remete aquilo que recebemos: A Salvação

Acredito ser necessário um conjunto de cinco posturas para manutenção de nossas vestes, veja:

Respondeu-lhe Jesus: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento.  Este é o grande e primeiro mandamento.O segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. (Mateus 22: 37-39)  Temos amado a Deus e a nossos irmãos nestes dias.

Fé: acreditar, confiar.   Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam a convicção de fatos que se não veem. ( Hebreus 11. 1)  Fé é expressão de nossa aliança com Deus por meio de Cristo Jesus.

Arrependimento: mudança de parecer, de opinião ou de procedimento. Um ato que deve ser realizado debaixo de ação Divina, sempre que percebermos algo errado em nossa maneira de viver.  Converte-nos, Senhor, a ti, e nós nos converteremos; renova os nossos dias como dantes. (Lamentações 5. 21)

Perdão: ato de isentar desobrigar alguém da sua culpa ou ofensa apesar de seu erro. Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celeste vos perdoará; se, porém, não perdoardes aos homens [as suas ofensas], tampouco vosso Pai vos perdoará as vossas ofensas. (Mateus 6. 14-15)

O óleo mostra que devemos ter uma vida com Deus.

Por isto acredito em duas atitudes práticas.

Oração: é certamente a chave para tal relacionamento, uma vez que orar significa comunicar-se com Deus.   É importante observar que tal oração deve ser constante. Bendito seja Deus, que não rejeitou a minha oração, nem desviou de mim a sua misericórdia. (Salmo 66. 20)

Ouvir: normalmente gostamos mais de falar do que de ouvir, a bíblia nos ensina que:  E, assim, a fé vem pela pregação, e a pregação, pela palavra de Cristo. (Romanos 10. 17)

Certamente o mais difícil é manter viva esta postura seguida da prática em nossa vida diária de devoção, a final você é salvo porque se relaciona com Deus, ou se relaciona com Deus para ser salvo.

Pense nisto!

“Tornai-vos, pois, praticantes da palavra e não somente ouvintes”.

ΑΩ